• EDITORIAL

Diadorim é selecionada em edital do Fundo Brasil para defesa da democracia

Projeto da agência vai mapear candidaturas LGBTI+ nas eleições de 2022



12 abr. 2022 | Redação


A Agência Diadorim foi uma das selecionadas no edital Mobilização em Defesa dos Espaços Cívicos e da Democracia, do Fundo Brasil, cujo objetivo é fortalecer a democracia brasileira, o enfrentamento aos retrocessos no campo das políticas públicas e a proteção dos direitos humanos no país. A lista com 35 projetos foi divulgada na segunda-feira (11).


A proposta da Diadorim é desenvolver um mapeamento de candidaturas LGBTI+ nas eleições de 2022 para cargos nas assembleias e governos estaduais, Câmara, Senado e Presidência da República. O objetivo é reunir o perfil dessas pessoas e apresentá-las a possíveis eleitores, além de produzir dados sobre a presença de LGBTIs na política nacional a serem usados em reportagens e análises, publicadas na Diadorim ao longo do período eleitoral.


“O mapa permite que eleitores em todo o Brasil possam conhecer o perfil das candidaturas de LGBTIs a cargos públicos, além de gerar um censo amplo do pleito”, explica a repórter e editora da agência, Camilla Figueiredo. “Os dados coletados ficarão disponíveis de forma objetiva, didática e de fácil acesso. Ajudando, assim, aos eleitores no momento de escolher em quem votar."


Além dos dados sobre a candidatura (partido, estado e cargo pleiteado), serão coletadas informações que permitam traçar um perfil político-social de candidatos e candidatas, como raça, orientação sexual, religião, espectro político e proposição de políticas voltadas à população LGBTI+. O levantamento será divulgado em uma plataforma digital, de acesso livre e gratuito.


O edital Mobilização em Defesa dos Espaços Cívicos e da Democracia tem apoio de Fundação Oak e Open Society Foundation, e vai doar até R$ 60 mil a cada iniciativa. Os projetos têm duração de até um ano. No total, serão doados R$ 2 milhões.